Notícia

Reunião sobre pesquisa do varejo

sexta, 14 de fevereiro de 2020

Grupo tem o objetivo de verificar detalhes e particularidades do comércio de Medianeira.

Foi realizada na ACIME nesta quinta-feira, 13 de fevereiro, uma reunião sobre a parceria entre a ACIME, o Sebrae e o Senac. As três entidades estão trabalhando desde o ano passado, coletando informações através de pesquisas feitas diretamente com empresários e consumidores pra verificar detalhes e particularidades do comércio local.

Segundo o gestor estratégico do Sebrae/PR, Julio César Andrade, o objetivo das pesquisas é entender o que acontece no comércio de Medianeira, com relação ao seu público. “Queríamos saber o que o público encontra ou não encontra, a qualidade do atendimento, a variedade de produtos e também o perfil do cliente, desde a faixa etária, o gênero, o poder aquisitivo e assim por diante. Nós vamos fazer uma apresentação aos empresários da área comercial de Medianeira e apresentar a eles possíveis ferramentas pra melhoria”, explica.

Para ele, é necessário atrair mais os consumidores da região e manter os consumidores de Medianeira comprando no comércio local. “O objetivo desse trabalho é ajudar o empresário a identificar oportunidades de melhoria para manter os seus clientes e atrair novos”, completa Julio.

Já o gerente executivo do Senac, Sergio Carlos Figueiredo, afirmou que os dados da pesquisa trouxeram informações importantes. “Precisamos fazer uma análise bem profunda e propor soluções que tragam melhorias para o nosso comércio, principalmente no desenvolvimento e treinamento da força de vendas e outras questões estruturais que serão levantadas para dinamizar ainda mais o nosso comércio”, conclui.

Para a gerente executiva da ACIME, Luciane Dal Pozzo, é importante definirmos, já na sequência, as estratégias de como levar essas informações aos empresários. “Entender a realidade do mercado e das empresas é um dos primeiros passos para o cumprimento da missão da ACIME, que é de estimular e promover o desenvolver os associados”, afirma.

Fonte: Assessoria ACIME